expatrAs pessoas tornam-se expatriadas por razões que vão de problemas políticos à melhoria das circunstâncias financeiras. Com falhas na mão-de-obra de um tipo ou outro a aparecerem no mapa mundial, os possíveis expatriados podem estar numa boa posição para encontrarem empregos à sua medida, principalmente quando as informações sobre cargos se tornam mais disponíveis. Acompanhe 200 mil respostas a um inquérito sobre mobilidade global e preferências de emprego, desenvolvido pelo Boston Consulting Group (BCG).

Vive numa grande cidade como Nova Iorque, Singapura, São Paulo ou Berlim? É provável que muitas das pessoas que vê num dia normal de trabalho sejam estrangeiras. Talvez seja a pessoa que lhe faz o café a caminho do trabalho. Ou a empresária que vai ao seu lado no comboio, agarrada ao computador. Ou o director do seu departamento ou o CEO da empresa. Talvez seja você a pessoa de outro país.

Leia este artigo na íntegra na edição de Dezembro da Executive Digest

Recomendar
  • gplus
  • pinterest

Comentar este artigo