PSA aposta em novas áreas de negócio em Portugal

O Grupo PSA, cujo portefólio inclui as marcas Opel, Vauxhaull, Peugeot, Citroen e DS, não quer ser apenas um fabricante automóvel. A nova estratégia envolve a exploração de duas vertentes até aqui deixadas de lado: fornecedor global de mobilidade e operador multimarcas, multiclientes e multicanais, segundo é explicado em comunicado.

Esta estratégia implica a entrada em novas áreas de negócio, nomeadamente o chamado Aftermarket. Trata-se de uma área que engloba a reparação e manutenção de viaturas e que está aberta aos clientes de várias marcas – e não apenas daquelas que o Grupo PSA fabrica.

Neste sentido, está a desenvolver a primeira rede multimarca do grupo, a Euro Repar Car Service, e uma insígnia dedicada a peças multimarca, a Eurorepar. Está também a criar um dispositivo de distribuição, designado Distrigo.

Relativamente à rede Euro Repar Car Service, já existem 62 oficinas em Portugal. O plano passa por aumentar para 90 ainda este ano e alcançar as 150 em 2020. A Eurorepar, por seu turno, está a ser alvo de uma actualização que permite ter produtos capazes de cobrir mais de 80% do parque automóvel nacional.

Por fim, a Distrigo é a nova marca de distribuição de peças de substituição do Grupo PSA em Portugal. O objectivo é oferecer aos reparadores autorizados e independentes uma nova opção multimarca. Está prevista a abertura de três placas de distribuição no País.

Em 2020, o grupo espera também entrar no mercado de peças independentes Aftermarket através da Distrigo. Como consequência ambiciona aumentar em 16% o volume de negócios de peças em Portugal, ascendendo aos 105 milhões de euros.

Recomendar
  • gplus
  • pinterest