Gucci acusada de evasão fiscal de 1,3 mil milhões

A Gucci está a ser acusada de evasão fiscal no valor de 1,3 mil milhões de euros. A informação é avançada pelo jornal italiano La Stampa, segundo o qual a marca de luxo facturava em Itália mas pagava impostos na Suíça.

A mesma publicação indica que a Gucci foi alvo de buscas policiais na sua sede em Milão, relacionadas com as acusações de que é alvo. A alegada evasão fiscal diz respeito a vários exercícios fiscais.

Entretanto, a empresa emitiu um comunicado em que garante estar a colaborar com as autoridades. No mesmo documento, reportado pelo jornal The Guardian, indica estar confiante na transparência e rectidão das suas operações.

Recomendar
  • gplus
  • pinterest