Imagens 3D ajudam seguradoras a avaliar desastres

Numa altura em que o planeta sofre as consequências de fenómenos naturais como os furacões Harvey e Irma, o National Insurance Crime Bureau dos Estados Unidos da América (NICB) desenvolveu uma tecnologia que permite recolher imagens dos desastres em alta definição. As imagens são, depois, usadas para construir dados em 3D.

De acordo com um vídeo do The Wall Street Journal, as estruturas em 3D permitem perceber os estragos provocados pelos furacões e acelerar o processo de decisão por parte das seguradoras. «Isto mudará a forma como as empresas respondem a catástrofes, no futuro: mais eficientes e mais baseadas em tecnologia», afirma Roger Morris, Chief Communication Officer do NCIB.

Recomendar
  • gplus
  • pinterest