Entender tendências para evitar riscos no futuro

Mark Esposito entrevistou mais de 75 líderes empresariais de todo o mundo para perceber o que o futuro tem reservado para as organizações. AIG, Accenture, American Express, Credit Suisse, Eurostar e Newgate Communications são algumas das empresas cujos executivos responderam às questões do investigador e professor convidado da Porto Business School.

O resultado pode ser encontrado no livro “Understanding How the Future Unfolds: Using DRIVE to Harness the Power of Today’s Megatrends”. Como o nome indica, na base deste trabalho esteve a metodologia DRIVE, composto por cinco pilares: demographic and social changes; resource scarcity; inequalities; volatility, complexity and scale; e entreprising dynamics.

«Uma empresa, uma organização que pretenda ter um futuro de sucesso, terá de mudar já e agora» é uma das principais conclusões de Mark Esposito. Ainda assim, o autor tem esperança, apontando para os modelos de economias emergentes como um bom exemplo de como fazer mais com menos.

«Ao entender estas megatendências, poderemos antecipar riscos no futuro das organizações e trabalhar no sentido de os evitar, desde já, no presente», conclui o autor.

Recomendar
  • gplus
  • pinterest