Uber junta-se à Yandex para operar em cinco mercados

Há três anos na Rússia, após ter entrado no país através de Moscovo, a Uber passa a contar com a Yandex como parceira de operações. As duas empresas estabeleceram um acordo estratégico tendo em vista a formação de uma nova empresa que combina os negócios de ambas na Rússia mas também no Azerbeijão, Bielorrússia, Casaquistão.

Em comunicado, a Uber esclarece que passará também a operar na Arménia e Geórgia através desta nova empresa. «Esta é uma oportunidade excitante e uma situação única e as nossas operações noutros países não serão afectadas», assegura Pierre-Dimitri Gore-Coty, responsável pelo negócio da Uber na Europa, Médio-Oriente e África.

O responsável esclarece ainda que as aplicações da Uber e Yandex para viajantes continuarão a funcionar, pelo menos para já. As aplicações para condutores, por outro lado, serão integradas assim que a operação de fusão estiver concluída.

Pierre-Dimitri Gore-Coty avança que o negócio envolve um investimento de 225 milhões de dólares (197 milhões de euros) por parte da Uber na Yandex, uma espécie de Google da Rússia. Quando concluído, a Uber terá ocupará três dos sete lugares da administração da Yandex através de uma participação de 36,6% – avaliada em perto de 1,4 mil milhões de dólares (1,2 mil milhões de euros).

Recomendar
  • gplus
  • pinterest