À la carte com Paulo Pereira da Silva

Presidente da Renova desde 1995, Paulo Pereira da Silva é o nome que se fala quando se fala em Renova. Ou não houvesse quase um antes e um depois da sua chegada ao topo. Defende a importância da palavra, da imagem e de saber trabalhar em rede. Aquele que se formou em Física pela École Polytechnique Fédérale de Lausanne, é um homem de fé que acredita ser possível elevar a Renova à categoria de marca global!

Texto de M.ª João Vieira Pinto e Helena Rua

Foto de Pedro Simões

Como vê a sucessão?

Nunca houve ninguém da minha família na gestão da Renova. Eu sou o primeiro e já estou na terceira geração. Há gente muito melhor do que eu. Não acho nada que as pessoas sejam insubstituíveis. Não me vejo nada, a esta altura, a ter um delfim. Acho que isso corre tão mal. É bom que esteja a pessoa certa no momento certo, se é que isso existe. Acho que não é o próprio que deve escolher a pessoa que vem a seguir.

Este artigo foi publicado na edição de Outubro de 2017 da revista Executive Digest.

Recomendar
  • gplus
  • pinterest