Celebremos!!

Por Ricardo Florêncio

DEIXEM-NOS CELEBRAR! DEIXEM-NOS VIVER!

Já estamos todos cansados dos anunciadores de desgraças! Já estamos todos fartos daqueles que vivem com uma visão pessimista de tudo e de todos! Já estamos todos saturados daqueles que estragam os momentos bons com mensagens que isto vai tudo piorar! Chega!!! Há momentos para tudo e este é o momento de apreciarmos o que está a correr bem! Portugal está numa fase boa da sua História. A Economia está a crescer, o Turismo está a crescer, o investimento em vários sectores de actividade está a crescer, os níveis internos de confiança estão estabilizados, a confiança externa está a aumentar e temos o mundo a olhar para nós. E olha para nós não apenas como aquele país com um clima, uma gastronomia, uma História, um povo fantástico, mas também como um País evoluído tecnologicamente, com know-how, e com elevado potencial de crescimento em várias áreas. Com diferentes empresas e particulares a investir, com milhares de alunos que vêm estudar para cá e se apaixonam pelo nosso País… sem nunca deixarmos de estar atentos, e a olhar para o futuro, apreciemos o nosso momento.

Mas está tudo bem? Claro que não. Há muita coisa a ser melhorada e situações que não podem acontecer. E o mais grave de tudo é o que está a acontecer ao Estado! O Estado claudicou, fraquejou, escondeu-se! Em várias vertentes e situações, o que é mesmo muito grave!! O papel do Estado, acima de todos os outros, é esse mesmo, o de protecção e salvaguarda da vida dos seus cidadãos. Aí, falhou! Interessa, desde já, que faça tudo o que estiver ao seu alcance, para recuperar a confiança de todos os cidadãos.

Editorial publicado na edição de Novembro de 2017 da revista Executive Digest

Recomendar
  • gplus
  • pinterest