À la carte

Olivier Establet gostaria de ser considerado um humanista. E pode bem sê-lo.

Ao longo de duas horas conversou sobre pessoas, de pessoas e da importância que uma liderança próxima tem na prossecução dos objectivos das empresas e dos colaboradores.

Com um pé no Brasil, onde liderou a compra de uma participação maioritária na empresa Jadlog, e outro em Portugal, onde além da Chronopost lidera a Seur Portugal, o tempo livre escasseia, mas o espírito de missão não o deixa parar.

Por Helena Rua

Foto Pedro Simões

Olivier, como gosta de ser tratado, aproveita «cada segundo, cada minuto» que a vida activa que leva lhe permite. O que nem sempre é fácil.

Lidera a Chronopost e as empresas que foi adquirindo pela multinacional no país e Brasil, mas vai acumulando funções atrás de funções em associações do sector, na Câmara de Comércio e Indústria Luso-Francesa, no Comité de Conselheiros do Comércio Externo de França.

Leia este artigo na íntegra na edição de Junho da Executive Digest

Recomendar
  • gplus
  • pinterest