União Europeia multa Facebook em 110 milhões

Os contornos da aquisição do WhatsApp, em 2014, por parte do Facebook foram alvo de uma investigação levada a cabo pelas entidades da concorrência da União Europeia. Findo o processo, determinaram que o Facebook terá de pagar uma multa de 110 milhões de euros.

Segundo a Comissão Europeia, o Facebook forneceu informações enganadoras quando a transacção entre as duas empresas foi vetada, há três anos. O Facebook terá afirmado que não conseguiria combinar as contas da rede social homónima e do WhatsApp, descansando a comissão e revertendo a sua decisão desfavorável.

Porém, dois anos depois, o Facebook lançou um serviço que permite precisamente o que tinha garantido não ser uma possibilidade. “A Comissão descobriu que, contrariamente às afirmações do Facebook em 2014, a possibilidade técnica de combinar automaticamente as identidades dos utilizadores do Facebook e WhatsApp já existia nesse ano”, refere em comunicado, acrescentando que a equipa do Facebook tinha noção de tal possibilidade.

A tecnológica de Mark Zuckerberg já respondeu entretanto, assegurando que os erros cometidos em 2014 não foram intencionais.

Recomendar
  • gplus
  • pinterest