As startups da Microsoft

O modelo de parceria da tecnológica mostra como as grandes empresas podem trabalhar com novos empreendimentos e estimularem a inovação.

No Acelerador de Pequim da Microsoft, os engenheiros desenvolvem novas tecnologias que podem transformar sectores tão diversificados como os automóveis, os telemóveis e o comércio electrónico. Estão a fazê-lo sob a alçada da Microsoft, nas instalações de I&D da empresa na região Ásia-Pacífico.

Mas não estão limitados aos produtos Microsoft: um dos elementos mais notáveis é a presença de computadores Apple nas secretárias das cerca das 12 startups que ali trabalham.

Leia este artigo na íntegra na edição de Abril da Executive Digest.

Recomendar
  • gplus
  • pinterest