Divergências ditam saída de presidente da Uber

Há apenas seis meses como presidente da Uber, Jeff Jones está de saída da empresa. Em nota aos funcionários citada pelo Recode, Travis Kalanick, CEO da Uber, afirma que a vontade de contratar um COO terá estado na origem da decisão de Jeff Jones.

O ex-presidente confirmou à mesma publicação que a sua saída esteve relacionada com divergências na gestão da Uber. «É agora claro, no entanto, que as crenças e abordagem em termos de liderança que guiaram a minha carreira são inconsistentes com aquilo que vi e experienciei na Uber e não posso continuar como presidente», refere Jeff Jones.

Jeff Jones chegou à Uber directamente da Target, onde desempenhava funções enquanto CMO.

Recomendar
  • gplus
  • pinterest