Sr. Bacalhau exporta bacalhau premium para os EUA

Já há bacalhau fresco skrei do Sr. Bacalhau a caminho dos Estados Unidos da América. A marca do Grupo Rui Costa e Sousa & Irmão quer vender 300 toneladas deste peixe da Noruega nos EUA até ao próximo mês de Abril. O objectivo traçado chega em linha com o aumento de 29% verificado nas exportações do grupo português em 2015 com o mercado norte-americano como destino, atingindo cerca de 17 milhões de euros.

Gonçalo Guedes Vaz, director industrial do Grupo Rui Costa e Sousa & Irmão, sublinha como a exportação deste tipo de bacalhau para os EUA «é uma janela de negócio importantíssima, com um crescimento garantido». A exportação de skrei para este mercado teve início em Fevereiro, sendo que para isso foi necessário obter aprovação da Food and Drug Administration, que certificou a fábrica de bacalhau do grupo na Noruega, onde já foram investidos 20 milhões de euros.

O responsável adianta, em nota publicada no site do grupo, que os planos para o futuro incluem a exportação de bacalhau skrei para outros mercados, como a América do Sul e Brasil.

A aposta no bacalhau skrei também não é em vão: «O nosso negócio é como fazer peças de luxo para relojoaria. Um bacalhau bom, de máxima qualidade, da Noruega para o mundo, é um produto premium», explica Rui Costa e Sousa, fundador do grupo. O skrei é um produto exclusivo da Noruega, certificado e apenas disponível três meses por ano, entre Fevereiro e Abril.

Na mesma nota, Rui Costa e Sousa indica que não tem qualquer tipo de interesse em vender o seu negócio, indicando que já foi abordado por um grupo de supermercados nesse sentido. «Eu simplesmente não vendo. Não queremos ser granes, queremos ser pequenos e fortes. Controlar toda a cadeia de valor e sermos reconhecidos internacionalmente», conclui.

Recomendar
  • gplus
  • pinterest