Lições a tirar de 100 dias de rejeição

Depois de uma experiência negativa na infância que o marcou durante vários anos, Jia Jiang impôs a si próprio 100 dias de rejeição para ultrapassar esse problema. Para garantir que cumpria o plano, fez alguns pedidos disparatados como pedir 100 dólares emprestados a um estranho tentar que um restaurante disponibilizasse “burger refill”, como acontece com as bebidas.

No final, aprendeu não só a lidar com a dor da rejeição como retirou algumas lições da sua experiência: nem sempre garante o resultado pretendido, mas pedir por aquilo que se quer pode abrir um novo leque de possibilidades. O seu percurso e aprendizagem é explorado num vídeo da conferência TED Talk:

Recomendar
  • gplus
  • pinterest