Não falta produtividade, falta coragem…

Parece que foi ontem que tive o privilégio de escrever a minha última “coluna do conselheiro da Executive Digest”, mas verdade é que já passaram cerca de dois anos.

Por Pedro Oliveira, presidente da BP

Olhando para o período que passou, e tendo em conta a pressão mediática com que somos bombardeados sobre discussões estéreis, para não dizer “histéricas”, sobre variações decimais dos principais indicadores económicos, dou por mim, no final de mais um ano, a pensar no que está a mudar e no que pode condicionar o maior ou menor bem-estar resultante do modelo social que temos promovido.

Porque as tais décimas têm que ter como objectivo maior melhorar o bem-estar do todo enquanto sociedade responsável e sustentável.

Curiosamente ao fazer esta reflexão, surge-me o conceito de produtividade, que no caso de Portugal tem sido apontada como contingência quando comparando com outros países da liga a que gostaríamos de pertencer.

Leia este artigo na íntegra na edição de Dezembro da Executive Digest.

Recomendar
  • gplus
  • pinterest