Sem investimento não há modernização, emprego e crescimento

Olhando para os diferentes componentes do produto interno bruto, é mais ou menos pacífico para todos que o investimento privado, as exportações e o consumo são motores de crescimento fundamentais numa economia.

Por Carlos Álvares, Presidente do Conselho de Administração do Banco Popular Portugal

Focando-nos no investimento, atrever-me-ia a dizer que nos países em que essa variável tem tido crescimentos sustentados ao longo dos últimos anos, os factores de diferenciação têm que ver com um ambiente fiscal incentivador do investimento e do empreendedorismo, mais constante e mais previsível, justiça ágil e processos de licenciamento industrial exigentes, mas rápidos e pouco burocráticos. Em suma: precisamos de uma maior previsibilidade e de menos burocracia, que também se consegue com um enquadramento jurídico menos complexo e por isso mesmo mais eficaz.

Leia este artigo na íntegra na edição de Julho da Executive Digest

Recomendar
  • gplus
  • pinterest