O novo desafio do “Senhor Tesla”

Elon Musk, o CEO que tornou sensuais os automóveis eléctricos e que viabilizou as viagens comerciais ao espaço, está a entrar no complica do negócio das baterias. Saiba por que é que esta é a aposta mais arriscada de Elon Musk até hoje.

Elon Musk caminha apressadamente para o palco à medida que vai ecoando hard rock como música de fundo. O som das guitarras – mais adequado para um lutador de wrestling profissional – diminui, e Musk avalia o público, acenando a cabeça algumas vezes e colocando as mãos nos bolsos. «Esta noite vou falar de uma transformação fundamental na forma como o mundo trabalha», revela.

O CEO da Tesla Motors e da SpaceX (e chairman da SolarCity, a fornecedora de energia solar), de 44 anos, usa uma camisa escura, um casaco desportivo e, naquele momento, apresenta um sorriso afectado. Admirador de Steve Jobs, Musk é herdeiro do gigante de Silicon Valley num sentido psíquico, mas, num contexto como este, nunca seria confundido com o fundador da Apple.

Leia este artigo na íntegra na edição de Fevereiro da Executive Digest

Recomendar
  • gplus
  • pinterest